segunda-feira, 15 de julho de 2013

Presidente da JCI Joinville fala sobre a participação no ER 2013


"Na convivência, o tempo não importa.
Se for um minuto, uma hora, uma vida.
O que importa é o que ficou deste minuto,
desta hora, desta vida...

Lembra que o que importa
... é tudo que semeares colherás.
Por isso, marca a tua passagem,
deixa algo de ti,...
do teu minuto,
da tua hora,
do teu dia,
da tua vida."

É com essas palavras de Mario Quintana que venho aqui falar para vocês sobre o que passamos no final de semana.

Participar de um evento da JCI é uma experiência única. Um divisor de águas. Uma renovação das nossas energias perante essa organização. Todos que estiveram em Curitiba no final de semana hoje estão aqui com um sorriso diferente no rosto. Com aquela sensação gostosa de que temos e podemos fazer muita coisa juntos.

Me desculpem os que não puderam participar, mas vocês perderam.

Perderam a oportunidade de presenciar o nervosismo da Débora no primeiro debate se converter em um discurso inflamado e poderoso na final.

Perderam de acompanhar a evolução do modo de discursar da Vanessa, a sua calma ao proferir as palavras certas na hora certa.

Perderam de ver a superação do Mikael, quando por um breve momento teve que respirar, engolir em seco e continuar o discurso, após ter esquecido uma pequena parte.

Perderam de ver a frustração na cara da Daniela e da Cátia quando elas não foram chamadas para serem distintivadas no início do evento, e os olhos delas brilhando cheios de emoção quando enfim declaram o nosso compromisso de vida.

Perderam de ver a alegria contida da Rafaela. Por fora uma pedra, mas por dentro um vulcão de felicidade, confessando pra gente que nunca andou de avião. Será uma experiência única para ela.

Perderam de ver a explosão de alegria de todos nós da JCI Joinville, cada vez que era anunciada uma nova vitória. E não foram poucas. Oratória nas Escolas, Oratória e Debates.

Vocês perderam de ver as lágrimas de felicidade no rosto do nosso presidente nacional Fernando, quando recebeu o título de senador da JCI. Aquele gesto de esconder o rosto entre as mãos, de pé, encostado na parede nunca mais sairá da minha memória.

Mas acima de tudo, vocês perderam o que para mim é a coisa mais importante de um evento como esse. Não a integração com as demais OLs, que também é muito gratificante. Mas, acima de tudo, a convivência que esse tipo de evento proporciona a nós, participantes da JCI Joinville.

E na convivência, como diz Mario Quintana, o tempo não importa. O que importa é o que ficou, é como marcamos nossa passagem. E com certeza esses dois dias marcaram demais, na minha vida e na vida das pessoas com quem tive o prazer de conviver.

Muito obrigado a todos.

 


 
Maickel Hubner, Presidente da JCI Joinville para o ano de 2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário