quarta-feira, 13 de julho de 2011

JCI Academy 2011

De 01 a 08 de julho aconteceu a 24ª Edição da JCI Academy em Toyama, Japão.

Evento oficial da JCI que ocorre anualmente. Esta edição ocorreu na cidade de Toyama, situada no oeste do Japão, uma cidade marcada por muitas belezas naturais, como montanhas e vilas rurais históricas.
O evento é organizado e patrocinado pela JCI Japão, a qual oferece uma vaga para cada país que tenha uma
organização nacional da JCI estabelecida, e vagas para membros da JCI Japão, proporcionalmente ao número de estrangeiros presentes no evento, totalizando 128 participantes nesta edição da Academy.

Tive a honra de representar a JCI Brasil, neste importante evento, buscando conhecimento e preparação para a gestão 2012.

Objetivo da Academy: “Formar líderes globais, com uma boa rede de contatos, que possam fazer a diferença em suas comunidades, com projetos de impacto”.

Lema deste ano: “Shin-shu – An Enterprising Spirit toward the Future” – realmente, criar um ambiente
favorável, com iniciativa, de colaboração, para que possamos ter um futuro melhor em nossas comunidades.”

Abaixo, irei descrever um pouco do que vivi neste magnífico evento que certamente marcou minha vida.


Cerimônia que aconteceu antes da abertura oficial, com o objetivo de purificar e abençoar todos os participantes da academia. A cerimônia ocorreu em um importante templo de Toyama.
Visita em uma escola elementar de Toyama. Os alunos desta escola preparamse durante 2 meses para receber a visita dos estrangeiros. Cada escola estudou sobre 3 países, no caso esta que visitei recebeu Brasil, Noruega e Cambodia. Passamos o
dia na escola, entendendo como funciona a educação no Japão e aprendendo muito com aquelas crianças. Tive a oportunidade de apresentar o Brasil, e responder a perguntas feitas pelas crianças sobre o nosso país, o qual já tinha sido amplamente estudado por elas.

Homestay Program: durante 3 dias fiquei na cada de uma família japonesa, para entender como vivem, conhecer a cultura, visitamos várias cidades, conheci a história do país, a rotina de uma família tradicional do Japão.




 Cerimônia de Abertura: com as seguintes
presenças:
- Kentaro Harada, Presidente da JCI
- Edson Kodama, Secretário Geral da JCI
- Masaoki Fukui, Presidente da JCI Japão
- Masamine Terajima, Presidente da JCI Toyama
- Junichi Sugiyama, Coordenador
- Lars Hajslund, Instrutor



Gabriel e o Buddy Tokunaga San

 “Buddy” (Amigo): durante toda a academia, todo estrangeiro recebeu um “buddy” (amigo) japonês, o qual ficava com você todo o evento, auxiliando no que fosse necessário, sendo realmente seu companheiro, lembrando as atividades, procurando fazer você se sentir bem entre eles.
No caso o meu “buddy” falava somente japonês, para mostrar que quando você quer ajudar alguém e está comprometido, não existe idioma. Este foi meu Buddy: “Mr. Tokunaga San”.


Vencendo desafios, com a ajuda de todos os participantes da academia.


Trabalhos em grupo durante todo o evento, ouvindo as experiências dos outros países.


 Conhecendo e realmente entendendo a cultura do país e da cidade.


Aproveitando a oportunidade para divulgar a Conferência das Américas 2012, que será realizado em Curitiba/PR - Brasil.


Cerimônia de Graduação
Maiores aprendizados 
  • O Japão é um país espetacular, muito organizado e onde as pessoas recebem a todos muito bem;
  • O comprometimento dos membros da comissão organizadora foi um grande exemplo. A JCI Toyama conta com 204 membros e estavam trabalhando no evento 198 pessoas da JCI Toyama, durante os 8 dias;
  • A importância do voluntariado, pois além dos membros da JCI, haviam outras 200 pessoas voluntárias trabalhando no evento, como tradutores, entre outras funções, também durante os 8 dias;
  • A importância de realmente entendermos o que é a JCI e como eu posso ajudar o meio em que vivo, para seja um lugar melhor para as próximas gerações;
  • É fundamental termos paciência com as pessoas;
  • A disposição para ajudar os outros não tem dia, nem hora;
  • É possível fazer um evento e ter os horários sendo rigorosamente cumpridos, visto que foram 8 dias de evento, sem nenhum minuto de atraso;
  • A humildade é a maior virtude de qualquer ser humano, precisamos ter a mente aberta para aprender e força de vontade para mudar as coisas que precisam ser mudadas.

Gabriel Colle
Membro da JCI Espumoso/RS
Presidente da JCI Brasil em 2012
Delegado da JCI Brasil na 24ª JCI Academy 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário