quarta-feira, 4 de maio de 2011

Programa Brasil sem Miséria

O governo federal anunciou nesta terça-feira (03/05/11) que a linha oficial de extrema pobreza no País é de R$ 70 per capita por mês e que 16 milhões de pessoas estão inseridos nesse cenário (8,5% da população). O anúncio foi feito pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.
Os dados tem como base o Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e estudos do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). 
O programa de erradicação da miséria terá três eixos de ações: transferência de renda, acesso a serviços públicos e inclusão produtiva. 

A ministra ressaltou que o plano levará em conta aspectos regionais e a preocupação com o desenvolvimento sustentável. Além disso, segundo ela, combinará programas já existentes com novas ações. "Vamos garantir que os serviços cheguem aos mais pobres", assegurou, dando como exemplo o programa do Ministério da Saúde para distribuição de remédios para hipertensão e diabetes. "Queremos que essas pessoas sejam especialmente atendidas. Em alguns casos, iremos até a essa população. Um dos grandes objetivos é que o Estado vá até esse público."


           Jornal do Brasil


(Mikael Moraes e Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário