segunda-feira, 2 de maio de 2011

Corrupção Global: Mudanças Climáticas

Maioria dos países mais afetados pelas mudanças climáticas têm índice alto de corrupção.
A ONG Transparência Internacional (Organização da sociedade civil global liderando a luta contra a corrupção), divulgou um relatório no último dia 30/04 em Dhaka, Bangladesh, sobre os riscos de corrupção em medidas para combater a mudança climática. 

O relatório, intitulado 'Corrupção Global: Mudanças Climáticas', foi elaborado com contribuições de mais de 50 especialistas e determinou que um monitoramento mais efetivo é necessário nos países que enfrentam maior impacto do aquecimento global, o que faria com que as políticas funcionem corretamente.

Ele inclui mais de 50 artigos escritos por especialistas em uma variedade de questões, incluindo:
  • Transparência na ciência das alterações climáticas;
  • Como se proteger contra jogos nos mercados de carbono;
  • Combate à fraude no processo de transição para uma economia de baixo carbono;
  • O reforço da confiança no financiamento de projetos que apoiam os países na adaptação às alterações climáticas;
  • Como o sistema REDD+ (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação florestal) é proposto para trabalhar para manter as florestas limpas e verdes.




Espera-se que os investimentos totais para combater as mudanças climáticas se aproximem de US$ 700 milhões em 2020. "De onde fluem novos fluxos de dinheiro por meio de mercados e mecanismos novos, sempre existe o risco de corrupção", assinalou o relatório da TI. Os riscos de corrupção são altos devido à complexidade, à incerteza e à falta de experiência com muitos temas vinculados ao aquecimento global e à proteção do meio ambiente, disse o relatório.




Fonte: Portal ODM
           Transparência Internacional

(Mikael Moraes e Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário